Um bilhão de dólares para as empreiteiras

Mesmo com a Lava Jato em cima, empreiteiras investigadas receberam da Petrobras um bilhão de dólares em 2015. De acordo com a Época, as beneficiadas pelo subterfúgio foram a Odebrecht, OAS, UTC e Engevix.

A decisão foi de encontro à promessa feita pela própria Petrobras de não manter negócios com empresas investigadas pela Lava Jato. O departamento jurídico da estatal também foi ignorado.

Por meio de “contas vinculantes”, os repasses começaram a ser feitos em maio. Para isso, a simples apresentação de notas fiscais que comprovassem os gastos nas obras das empreiteiras foram suficientes.

O Antagonista espera que nenhuma das notas tenha saído da gráfica VTPB.