Um clássico siciliano

João Alves de Queiroz Filho, o Júnior da Hypermarcas, foi surpreendido em casa com um “presente” sugestivo: uma caixa com um peixe enrolado num jornal.

Ele entendeu como uma ameaça vinda de gente delatada por seu ex-diretor Nelson Mello. Júnior tem evitado sair de casa, desde então.

Faça o primeiro comentário