“Um Estado não pode deixar de honrar um acordo de delação”

Celso de Mello disse que o Estado não pode deixar de honrar um acordo de delação premiada cujas cláusulas foram cumpridas.

E acompanha o voto de Edson Fachin.

Faça o primeiro comentário