ACESSE

Um general "com a faca nos dentes"

Telegram

O Globo fez um ótimo retrato do general Mauro Sinnott Lopes, número 2 da missão militar no Rio de Janeiro.

Leia um trecho:

“Reservado e extremamente técnico. Assim os colegas militares definem o general de divisão Mauro Sinott Lopes, braço direito do general de Exército Walter Souza Braga Netto, interventor federal no Rio (…).

O general traz na bagagem a experiência de já ter comandado tropas em comunidades. Em 2014, foi um dos comandantes da Força de Pacificação do Complexo da Maré. Em setembro do ano passado, foi o coordenador das operações das Forças Armadas no Rio durante as operações de ocupação da Rocinha. Na época, deixou claro que prefere trabalhar com ações de longo prazo. E que acredita na tática de conquistar a confiança da população.

— Quando eu estava na Maré, um morador ligou para rádio e perguntou: general, e quando vocês forem embora, como vai ficar? Vai voltar tudo como era antes? Eu lembrei a ele o seguinte: sua pergunta está errada: Você deveria me perguntar: general, o que eu posso fazer agora para, quando a tropa sair, não voltar a ser o que era antes (…), afirmou na época.

É considerado um dos mais preparados oficiais do Exército. (…) Um dos cursos que mais lhe dá orgulho é o de Forças Especiais, os conhecidos FEs. São os militares que, no jargão militar, levam ‘a faca nos dentes’.”

 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 39 comentários