Um lembrete

Os sindicalistas de toga defendem o aumento do teto constitucional como forma de compensar o possível fim do auxílio-moradia.

A grande imprensa está, é claro, atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Sergio Moro... LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler comentários
  1. Luiz disse:

    Cada qual preocupado em rechear o seu bolsinho. O povo que se dane! Esses são os homens que julgam os demais!!! 14 ou 22 (total) milhões de desempregados e os bacanas aumentando o salário!

  2. Bruno disse:

    O problema é que esse aumento não é só deles, e que também não vem juntos os ajustes.

  3. Januário disse:

    Ah! Porra !!! Agora sim. Está plenamente justificado. Pelo menos pra mim que tenho só um neurônio e não consigo andar e tomar um sorvete ao mesmo tempo.

  4. marco disse:

    Não tem que dar aumento para ninguém nesse momento, já ganam bem. O sacrifício tem que ser de todos. Tem muitos brasileiros que nem salário tem, pois estão desempregados.

  5. lourival disse:

    Só lembrando o Moro defendeu e defende essa ideia.

  6. Adonis disse:

    Que peçam demissão e vão procurar emprego diretamente com o PT ou PCC.

  7. Dirce disse:

    Auxílio moradia? Imagino quantas casas eles têm e o Condomínio onde moram... Tenho que rir!

  8. RENATO disse:

    Mudanças nas leis orçamentarias, evitando pedaladas em salarios de congressistas e ministros, criando um teto fixo que so podera ser reajustado pela imflação igual ao salario minimo

  9. DireitaMassiva disse:

    Juízes brasileiros ganham salários maiores que os juízes dos EUA e da Europa, estes também não tem auxílios e outros penduricalhos. CHEGA DE MAMATA PAGA C/ DINHEIRO DO CONTRIBUINTE!

  10. Silvia disse:

    Mordomias têm que ser retiradas do contra-cheque de juízes, políticos e qualquer outro funcionário público. São nossos empregados. Pagamos impostos para pagar os salários deles. Fim das mordomi

  11. Giusti disse:

    Dá p retirar dos políticos a pressão do funcionalismo transferindo p o eleitor, através d Referendos, a decisão final sobre aumentos d salários. É assim nos EUA.

  12. Alexandre disse:

    Que tal inverter a ordem? Acaba com o auxílio de acordo com um possível aumento?

  13. Eduardo disse:

    Saberá O Antagonista se o juiz Marcelo "Dois Auxílios" Bretas é a favor do fim do auxílio-moradia? Do auxílio-lanche? Do auxílio-pijama? É só uma pergunta...