Um lembrete

O Antagonista lembra que a deputada federal Tereza Cristina (DEM), escolhida para ser ministra da Agricultura de Jair Bolsonaro, estava ao lado de Geraldo Alckmin no evento que marcou o apoio do centrão ao tucano antes do primeiro turno da corrida presidencial.

Tereza chegou a ser cotada para ser vice de Alckmin.

A grande imprensa está atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Moro... Imagine o que ela está deixando de revelar para VOCÊ LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 62 comentários
    1. Exato! Tirando 4 ou 5 o resto eh totalmente descartável e substituível. Essa eh a vantagem de um ministério criado sem compromissos partidários. Trabalhou mal, cai fora!

  1. Esta senhora é cabeça pensante e parte indissociável do governo mais corrupto da história do MS. A função dela no governo Bolsonaro é tampar o sol com peneira quando a caixa preta do BNDES for

  2. Defensivo agrícola é o termo certo. Não há como alimentar a população sem se prevenir das pragas. E a tecnologia está cada vez mais moderna. A Anvisa é que leva 10 anos para liberar novas desc

  3. Eu não gosto dela. Os ruralistas de fora da política não gostam dela. O termo “agrotóxico” foi criado pela esquerda a soldo da concorrência internacional, pois Brasil é potência no agro.

  4. Qual o problema? Se a mulher é boa tecnicamente, tem um bancada ótima na câmara. Assim c Ana Amélia, deveria ser cotada p ministra tb. Ela é excelente tecnicamente, postura ilibada!

  5. Antagonistas, ela é do DEM. Tinha que estar lá. Mas há muito tempo apoia Bolsonaro, assim como todo o agronegócio. E a bancada do agro que é pluripartidária, tem 230 deputados. Precisa explicar

  6. Ela é competente. ficha limpa. Não importa se é do PSDB. A escolha é da pessoa e não do partido. Bolsonaro está acertando em todas. O que o PT diz não importa. Eles são contra tudo.

    1. Essa mulher é um cavalo de tróia…Os ruralistas de verdade, de fora da política, não gostam dela. Esteve envolvida com JBS e uma ONG de Soros.

    1. E acho que você tá no mundo da Alice, Bolsonaro sempre falou que ia negociar com as bancadas, não com os partidos. Você esperava que ele governasse como?