Um longo patrocínio

Quando era ministro e arrecadador de propina, Guido Mantega pediu a Marcelo Odebrecht “patrocínio” à Carta Capital, uma “revista boa para o governo”.

O “patrocínio”, pelo jeito, está valendo até hoje.

Faça o primeiro comentário