Um poder autônomo

Fausto Pinato afirma que o Ministério Público quer denegrir o Parlamento. Dependendo do resultado da votação de hoje, os eleitores poderão concluir que o Parlamento não precisa se preocupar com terceiros: é capaz de se denegrir sozinho.