Um réu prestigia a posse no STJ

Fernando Pimentel estava entre os presentes à transmissão do cargo de presidente do STJ de Laurita Vaz para João Otávio de Noronha, registra a Época.

O governador petista de Minas Gerais é réu no tribunal, no processo da Operação Acrônimo em que é acusado de receber propina para favorecer a Odebrecht.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Fátima disse:

    Esse tipo de vergonha só vai acabar com instalação de tribunal Militar.

Ler comentários
  1. Chrisoula disse:

    J. O. de Noronha é aquele que queria soltar o M. Odebrecht a pedido da Dilma??? Na ocasião perdeu o pleito. A Juiza Laurita Vaz foi super eficiente no cargo.

  2. Goreba disse:

    E ninguém deu voz de prisão ao bandido??? O judiciário se acovarda todos os dias, tal e qual eu uso o "trono".

  3. SérgioMoro disse:

    Esse pessoal não tem NENHUMA vergonha na cara.

  4. Maria disse:

    Acrônimo e Zelotes, duas das operações mais importantes da Lava Jato. Cadê seus resultados???

  5. zóio disse:

    Não sei se algum dia o Judiciário teve algum tipo de credibilidade no país (ou se foi desde SEMPRE tribunal de defesa de pilantras ricos): mas tá feia a coisa hein? Salva Moro, Bretas, Vallisney e 6..

  6. Marcela disse:

    Lindo!!!! Valorizou o evento no STJ que junto com o STF só faz prescrever processos contra políticos!!!!

  7. Tereza disse:

    Vamos falar feito gente grande? Tem réus escrevendo sobre réus na suprema corte. Normal

  8. Claudio disse:

    Que tribunal ...................................