Um roteiro de ‘furos’ para a Folha

Ontem, a Folha publicou como furo jornalístico velha matéria sobre a gráfica fantasma Souza&Souza.

O Antagonista acredita na ética jornalística, em leitores atentos e no Google.

Além das já conhecidas VTPB, Focal, Red Seg e UMTI, sugerimos nomes de outros fornecedores suspeitos da campanha de Dilma que podem render novos “furos” para o jornal.

São as empresas Dialógica Comunicação, Ageis Gráfica, Promo Gráfica, Prospere Indústria e Comércio, Bangraf e Axis Gráfica.

Faça o primeiro comentário