Um terço do caminho

O procurador Deltan Dallagnol disse ao Correio Braziliense que a Lava Jato está longe de acabar:

“Em primeira instância, foram acusadas criminalmente 1/3 das pessoas que provavelmente virão a ser acusadas. Um terço dos operadores financeiros, um terço dos empresários, um terço dos agentes públicos. Além disso, há uma perspectiva de avanço nas investigações em relação a empresas estrangeiras e de recebimento de novas contas que estão sendo investigadas por países estrangeiros, o que comprovará corrupção em relação a outros agentes”.

Faça o primeiro comentário