ACESSE

Um tucano no Centrão

Telegram

O Centrão tem se articulado desde a semana passada para destituir Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) da liderança da Maioria na Câmara.

Alguns caciques do Centrão entregaram à Secretaria-Geral da Mesa a indicação de Celso Sabino, do PSDB, para a função.

O PSDB tem se aliado a Rodrigo Maia e os dissidentes do Centrão: DEM e MDB. O líder do partido, Carlos Sampaio, adota discurso de independência do governo.

Um deputado influente no PSDB disse a O Antagonista que Lira escolheu Celso Sabino porque o tucano prometeu votos para o líder do PP na disputa à presidência da Câmara.

“É um método fisiológico, para tentar agradar o Lira. Pode até ser que ele consiga alguns votos, mas não é assim que o PSDB tem se posicionado”, disse, sob reserva.

Sabino faz parte de um grupo de oposição a João Doria e Bruno Araújo, presidente do PSDB. Aliado de Aécio Neves, o tucano tentou ser o líder do partido na Câmara no ano passado, mas acabou derrotado.

Com a possibilidade de Sabino assumir a liderança da Maioria, o presidente do PSDB emitiu uma nota ontem afirmando que iniciaria um processo de expulsão do deputado do partido.

Leia mais: Bolsopetismo pró-impunidade: a aliança para enterrar a proposta de prisão após condenação em segunda instância

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 4 comentários