Uma ajudinha de Eike

Carlos Fernando dos Santos Lima, procurador da República, reforça que, em dezembro de 2012, Guido Mantega pediu a Eike Batista R$ 5 milhões para quitação de dívidas de campanha.

Mantega, à época, presidia o Conselho de Administração da Petrobras.

Faça o primeiro comentário