"Uma campanha tem efeito quando o autor está fazendo o contrário?"

Na CPI da Covid, Tasso Jereissati disse que Marcelo Queiroga deveria mostrar indignação com as aglomerações promovidas por Jair Bolsonaro
“Uma campanha tem efeito quando o autor está fazendo o contrário?”
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

No questionamento a Marcelo Queiroga, Tasso Jereissati disse que, se ele não fica indignado com as aglomerações promovidas por Jair Bolsonaro, “não é ministro da Saúde”.

“Uma campanha tem efeito quando o autor está fazendo o contrário? Não existe isso, ministro. É um boicote à sua campanha que está sendo feito. O maior provocador de aglomeração, que o senhor é contra, é o presidente da República, seu chefe. Gostaria que mostrasse indignação com isso”, afirmou.

“Não compete a mim julgar os atos o presidente da República”, respondeu Queiroga.

“Então, o senhor não é ministro da Saúde”, treplicou o senador.

Mais notícias
TOPO