ACESSE

"Uma extensa lista de crimes"

Telegram

O advogado Edevaldo de Oliveira era parceiro de Frederick Wassef em Atibaia, onde Fabrício Queiroz ficou escondido.

A Veja teve acesso a um processo “que inclui uma extensa lista de crimes aos quais Edevaldo respondeu.

Em 1995, ele foi condenado e preso por falsidade ideológica e roubo de cargas. Também foi acusado, mas não condenado, de integrar uma quadrilha comandada por um delegado que praticava extorsão de criminosos e tráfico de drogas. Chamam atenção ainda no vasto documento dos processos por homicídios qualificados e um por tentativa de homicídio. Destes, Edevaldo acabou sendo inocentado”.

Comentários

  • Luiz -

    Já vi este filme. Só gente boa.

  • Cristina -

    Ah sim.. e estava colaborando com as trapalhadas da família Bozo. Que nível... mas não surpreende pois o Wassef passa a mesma imagem.

  • Carmina -

    Uma parceria e tanto, hein?

Ler 24 comentários