Uma gerente eficaz e durona

A única certeza que O Antagonista tem sobre o futuro presidente da Petrobras – e aceitamos apostas nesse sentido – é que ele será saudado pela imprensa e pelo mercado financeiro como uma excelente escolha.

Quando Graça Foster assumiu o cargo, a Folha de S. Paulo descreveu-a como “uma gerente eficaz e durona, que fixa metas e cobra resultados”. O Valor Econômico premiou-a entre as 15 melhores gestoras do Brasil. A BBC Brasil destacou seu “foco em metas pragmáticas e absolutamente realistas”. A Veja disse que a executiva tinha “ferramentas importantes para conseguir inaugurar um novo período de eficiência na estatal”.

E assim por diante. Googlem. Faz bem.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200