Uma injustiça contra Geddel

Agora está claro que cometeram uma injustiça contra Geddel Vieira Lima.

Geddel não foi incluído no processo do Quadrilhão do PMDB, apesar de Lúcio Funaro estar no meio.

O Quadrilhão do PMDB é aquele do qual Edson Fachin tirou Michel Temer.

19 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. O chefe da quadrilha do PMDB e seu ex-assessor direto, flagrado na posse de 51 milhões de reais roubados do povo brasileiro, não consta do quadrilhão do PMDB? Fachin estava bêbado quando o retirou da lista macabra?

  2. É a SEGUNDA TURMA CORRUPTA e PROPINEIRA do Supremo Tribunal Federal que de tudo faz para salvar da cadeia o PT e PMDB.

    Celso de Mello, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Fachin cobram quanto por prescrição?
    Cobram quanto por sentença?
    Cobram quanto por arquivamento?

    E aí, Cármen Lúcia?
    Estão dividindo PROPINA com você?

  3. Essa não é do Diogo. É do Mario ?

    Perguntinha : durante o mandato de “presidente”, isso de o Fachin retirar o temer do Quadrilhão ?

    Pode, não pode, como é a complicação essa ?

    1. É… o partido que ajudou o PT a destruir o país agora está “Salvando o Brasil”!!!
      Me engana que eu gosto, vigarista!! Juntos somos mais fortes, na PAPUDA!!

    2. Me chama de vigarista pelo simples fato de que não reconhecer os efeitos já imediatos da ponte para o futuro! Vigarista é você que coloca todos no mesmo balaio quando não são!! Quem se importa com esse dinheiro? Você é mais pobre por causa disso? Quantos empregos essas malas de dinheiro ceifaram? NENHUM. Uma pena que TEMER não irá tentar a reeleição ano que vem, pois ganharia sem problemas.

    3. Neto, deixa de ser doente seu ridículo, tentar colocar o FHC e o PSDB nessa mesma conta, é coisa de fdp petista. O PMDB sempre participou de todos os governos, porém foi só quando foi comandado pelo PT, que se lambuzaram, tem aquela máxima, “o exemplo vêm de cima, quando o de cima rouba, os de baixo seguem o exemplo”.