Uma jogada contra a prisão em segunda instância

Telegram

Kakay, o advogado da turma anti-Lava Jato, pediu ao STF liminar para suspender a prisão após a condenação em segunda instância até que o STJ analise o recurso.

O pedido, informa a Folha, foi feito em nome do IGP (Instituto de Garantias Penais), de que Kakay faz parte, numa ação que já tramita no Supremo e está pronta para ser discutida em plenário.

O relator do caso é Marco Aurélio Mello. MAM já se declarou contra execução de pena após a segunda instância, mas disse que não vai cobrar Cármen Lúcia para que paute o debate sobre o tema (depois de a presidente do STF se recusar a rediscuti-lo).

O problema é que, caso MAM defira a liminar pedida por Kakay, Cármen pode se ver forçada a pautar o tema no plenário.

Na terça-feira, O Antagonista escreveu sobre outro caminho possível para que o STF rediscuta o assunto, apesar da negativa enfática de Carminha.

Mas, se seguir esse caminho, a defesa de Lula tem tudo para perder no Supremo.

Comentários

  • Creso -

    Antonio Carlos Almeida de Castro - Kakay é filho do Alaor Caixeta de Castro que deu o maior rombo na arrecadação da Coletoria Estadual de Patos de Minas-MG.

  • Otton -

    O que nos empanzina e nos esculacha é sabermos que condenação na 2ª instância é certa a prisão e agora, estou vendo precarização; obstrução; afinal o que há; é o Foro de São Paulo-Unasal que comandam mesmo ? A 2ª Instância Vale OU Não Vale Algo na Justiça Brasileira ? Se Não, fecha isso e entrega e entrega ao ainda escondido Tribunal de Justiça Latino-Americano, conforme de forma Maquiavélica no parágrafo único do 4º artigo, de autoria do ocupador do cargo da cadeira maldita lá no deserto do Goiás, que diz, da formação de uma povo latino-americano, que hoje deveria aumentar e constar, Latino americano Chinês. Sabem; estou percebendo decepção total e desmoralização profunda. A Nação TEM Culpa em quaisquer desgraças que venham à ocorrerem. Só Há Uma Coisa Que SE fôssemos uma nação coesa.

  • Claudio -

    Agora que o cachê deles (criminalistas) diminuiu eles querem protelar a prisão de seus clientes. Pergunta-se: pra quê então a 2a. instância? Se não serve pra nada, vamos direto pro STJ

Ler 99 comentários