ACESSE

Uma lei para calar cidadãos descontentes e a imprensa

Telegram

Mario Sabino, na Crusoé, diz:

“Quando Lula tentou criar um conselho federal de jornalismo, em 2004, a imprensa gritou contra a tentativa de amordaçá-la e conseguiu fazer com que o presidente petista desistisse do atentado à liberdade de expressão e informação. Nesta semana, ocorreu algo muito pior no Senado, mas a maioria dos jornalistas está em silêncio até o momento. Acredita que a lei das fake news teria sido feita apenas para impedir bolsonaristas de emporcalhar as redes sociais. É um engano monumental. As milícias digitais a serviço do atual governo servem de pretexto para políticos oportunistas calarem cidadãos descontentes e a imprensa que os fiscaliza e critica.”

Leia a coluna completa aqui.

Leia mais: Moro exclusivo: em qual país você quer viver? Clique AQUI para ler na íntegra

Comentários

  • Marcia -

    Lembraram da estória de como se caça javalis?1*dia põe a comida, 2*dia a comida e uma grade(e eles não percebem), 3*dia mais uma grade e assim por diante, até q se vêem privados de sua liberdade!

  • Roberto -

    O objeto oculto é a blindagem da corrupção. A corrupção é um vírus endêmico no Brasil. Não tem vacina. Resta combater os vetores do vírus. Que são múltiplos de mosquitos a gafanhotos ratos e morcegos.

  • Elizabete -

    Voltou a lucidez, Sabino? Antes tarde do que mais tarde

Ler 48 comentários