'Uma minoria aglomerada fingindo ser maioria'

Uma minoria aglomerada fingindo ser maioria
Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Apoiadores do governo de Jair Bolsonaro encheram as ruas de algumas das principais capitais do país no último sábado.

O deputado Júnior Bozzella (PSL) disse a O Antagonista que “todas essas manifestações só contribuem para que o Bolsonaro fortaleça o seu discurso psicótico e irresponsável de líder de seita, rumo à sua escalada ao autoritarismo”.

O que vimos no último sábado foi uma minoria aglomerada fingindo ser maioria. O pior cego é aquele que não quer enxergar, e o Bolsonaro é desse tipo. Ele prefere enganar a si mesmo acreditando que os 10% ou 15% dos idólatras idiotizados que o seguem representam os demais 80% do país. Ele acredita piamente que o Brasil se resume aos bolsonaristas. Ignora que somos 210 milhões de brasileiros e que a grande maioria o rejeita.”

Bozzella acrescentou:

E assim, no mundo virtual ou em manifestações orquestradas como essas, o Bolsonaro vai sendo vítima do seu próprio ego, alimentado pelos ministros que o cercam e que sabem que o presidente gosta de ser bajulado, deixando-o queimar na sua fogueira de vaidades.”

Leia mais: O furo de reportagem de O Antagonista sobre a mansão comprada por Flávio Bolsonaro em Brasília é dissecado na edição desta semana da Crusoé
Mais notícias
TOPO