Uma multa, como sempre

A penalidade máxima aventada pelo secretário de Administração Penitenciária do Amazonas, Pedro Florêncio, à Umanizzare é uma… multa.

Desde que, claro, a sindicância que ainda será instaurada comprove a responsabilidade da empresa pelo massacre no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, por ela administrado.

Faça o primeiro comentário