Uma questão familiar

Ao mesmo tempo em que Lula descarrega sobre sua mulher a responsabilidade pela reforma do sítio em Atibaia, Aécio Neves manobra para salvar a mulher de Fernando Pimentel.

Diz a Folha de S. Paulo:

“O senador Aécio Neves defende que questões familiares fiquem fora da disputa política e não subscreve a ofensiva do partido para indiciar, na CPI do BNDES, a mulher do governador de Minas, Fernando Pimentel”.

Só para lembrar: a mulher do governador de Minas, defendida por Aécio Neves, é suspeita de ter lavado dinheiro de propina por meio de uma empresa de fachada.