ACESSE

Uma reunião ministerial 'censura livre'

Telegram

A reunião ministerial desta terça-feira (9), transmitida ao vivo pela TV Brasil, teve um tom bem diferente da célebre reunião do dia 22 de abril, registra O Globo.

Jair Bolsonaro, que abriu e fechou o encontro, interveio apenas seis vezes para complementar as falas de seus ministros. E não houve palavrões –na de abril, segundo o jornal carioca, foram 42, 34 deles emitidos pelo presidente.

O Antagonista pondera, no entanto, que o uso de palavrões talvez seja a coisa menos pornográfica em reuniões governamentais.

Leia também: Brasil precisa dos DADOS REAIS sobre a Covid-19

Comentários

  • Rafael -

    Sessão da Tarde

  • Isaias -

    Isso prova que a reunião tem mais é que ser a portas fechadas mesmo.

  • Lilia -

    Mise en scene. Legal!

Ler 65 comentários