Por unanimidade, Aécio vira réu

Alexandre de Moraes destacou as suspeitas em relação à delação da JBS, mas votou pelo recebimento da denúncia contra o senador Aécio Neves pelo crime de corrupção passiva.

Segundo o ministro, “a existência de dúvida razoável” em relação à prática desse delito leva à abertura da ação penal.

Assim, quanto ao crime de corrupção passiva, a Primeira Turma do STF tornou réus o tucano e os outros três denunciados pela PGR — Andrea Neves (irmã do senador), Frederico Pacheco (primo do senador) e Mendherson Souza Lima (ex-assessor de Zezé Perrella).

No que tange ao crime de obstrução de Justiça — feita somente a Aécio –, o senador virou réu por 4 a 1, ficando vencido o ministro Alexandre de Moraes.

Comentários

  • -

    Político corrupto, de que partido for, seu lugar é na cadeia. Prevaricadores, ladrões do erário, fisiologistas, patrimonialistas.

  • Pedrito -

    "Dura lex, sed lex"... À luz da moralidade, não é bem assim gente. Alguns indivíduos, isso sim, é que têm caráter falho e de pouca sustentabilidade. Excessivamente frágeis e inconsequentes.

  • Infelizmente -

    E espero que por unanimidade ele seja condenado e PRESO.

Ler 68 comentários