A resistência popular da UnB

A Universidade de Brasília, como registramos, vai oferecer um curso sobre “o golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil”.

O professor Luis Felipe Miguel, responsável pela disciplina, “identifica uma ordem cronológica de fatos que teriam motivado a deposição da ex-presidente Dilma e a instituição de um governo comandado por Temer, caracterizado como ‘ilegítimo’.”

A resistência popular da UnB é financiada com dinheiro público.

E a reitora petista nada fará, claro.

Leia também:

UnB oferece disciplina sobre ‘o golpe de 2016’

 

As reais intenções de Dilma e Cuba com o programa Mais Médicos. SAIBA MAIS AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. O título certo d sta reportagem é: Os comunistas infiltrados na UnB, promovem um encontro de débeis mentais para discutir o suposto “ Golpe de 2016”. Lembrando que pela Constituição Brasileira um presidente pode ser retirado do posto por desordem nas contas públicas e o Congresso Nacional é responsável por essa ação.

Ler mais 51 comentários
  1. O título certo d sta reportagem é: Os comunistas infiltrados na UnB, promovem um encontro de débeis mentais para discutir o suposto “ Golpe de 2016”. Lembrando que pela Constituição Brasileira um presidente pode ser retirado do posto por desordem nas contas públicas e o Congresso Nacional é responsável por essa ação.

  2. Bando de safados!!! Os comunistas deram um golpe no Brasil em 1964. Por nossa sorte, as Forças Armadas Brasileira entrou em campo fazendo uma contra-revolução em que o Congresso Nacional possou o ex-presidente General Castelo Branco. Única falha das Forças Armadas foi não ter eliminado de vez esses bandidos que hoje ocuparam e muito ocupam os cargos máximo da Nação Brasileira. Vamos ver se com uma intervenção militar no Brasil, as Forças Armadas eleminem de vez esses bandidos e que a UnB faça um curso de como o Brasil se livrou do comunismo eternamente. Nunca se esqueçam, o comunismo só se apodera aonde existe a democracia. Não existe comunismo sem dinheiro.

  3. Sem medo de ser ridículo!!! Eles conhecem nosso sistema eleitoral e sabem que foi um processo legal e sacramentado pela alta corte, tanto é assim que se valeram do mesmo recurso para tirar Fernando Collor da presidência. No governo FHC houve quatro pedidos de impeachment feitos pelo PT. Usar os recursos do povo para enganá-lo é no mínimo asqueroso.

  4. O vezo esquerdizóide desse país é uma piada de péssimo gosto. O meio acadêmico é bolchevique. Estou fazendo um mestrado em direito em uma instituição privada no interior do Rio Grande do Sul e verifico, lamentavelmente, que a única coisa que conta é manter um discurso andróide adequado à “causa” (em síntese: proferir peteloidismos dentro da disciplina). Se não fizer isso (e resisto em fazer) podem surgir problemas. Evidentemente que há pessoas abertas aqui e ali, mas posso afirmar aos senhores que só fui aceito (“selecionado”) para o mencionado curso em razão da recessão econômica (produzida, aliás, pelo grande governo da timoneira Dilma), pois eram poucos os interessados e deste modo o “nível” para aceitação “baixou”. Aparelharam não somente as universidades públicas, as privadas também.

  5. Vamos então à ordem cronológica:
    1. Lulla vence em 2003 com a promessa de campanha de ser diferente de tudo o que existia naquele momento.
    2. No dia seguinte vira amigão do peito do Sarney, Maluf, Collor, Barbalho, Renan, Temer….e outros lixos (está fundado o mensalão)
    3. Eleição e reeleição da PresidAnta, aliado com o partido mais podre do Brasil (Obs: Se prestasse não serviria para o PT).
    4. Sempre soube que era uma aliança feita com sacanas e foi sacaneado. Qual a novidade? Óbvio.
    5. Bem feito.

  6. so uma pergunta , qual a posiçao da unb , mesmo a nivel nacional e internacional , pela sua posiçao , com queda de mais de trezentas posiçoes no ranking internacional da a real condiçao do ensino neste antro de corruptos e vagabundos .

  7. A reitoria da UNB nada fará porque comunga das ideias dele. É mais um militante esquerdista pago com nossos impostos que prega a violência, chamando Moro e a Lava jato de Wehrmacht curitibana e diz em um de seus artigos publicados que “Precisamos falar sobre Lula e incendiar, sim, o País quando ele for preso”.

  8. Nasci e me criei em Brasília. Tenho 55 anos de idade. Sou branco, filhos de pais pobres, estudei em escola pública, comecei a trabalhar aos 15 anos, fiz duas faculdades (particulares e sem crédito educativo _ o FIES da época) e uma pós-graduação, nunca fumei maconha e nunca fui esquerdopata. Jamais poderia ter estudado na UnB…

  9. Estes esquerdopatas se acham … Para estes doentes o resto do país está certo … Somente eles estão com a verdade …. Bando de incompetentes que se escondem atrás de um cargo público …. nada produzem…. nada fornecem à sociedade…. vivem de produzir artigos inócuos em revistinhas de circulacao restrita … nao sobrevivem ao mundo real empresarial ….. inuteis…

    arrogantes e pedantes….. o ensino está infestado com estes vermes

  10. Os esquerdistas estão se antecipando. Antes, esperavam acontecer para – só depois – reescrever a história. Agora é concomitante. Com isso os mais novos podem avaliar quantas mentiras foram inventadas sobre o período militar.

  11. Fazendo tudo da maneira certa, sem errar um milímetro…
    Quanto tempo demoraríamos para limpar essa lixeira da infecção esquerdopata em nossas universidades?
    .
    É, dá pra desanimar.
    Quantas gerações contaminadas. Quantas décadas de atraso.
    E um risco enorme de que permaneçam e voltem.

  12. Graças a Deus no meu tempo de UnB os ideais dos alunos e corpo docente eram sempre visando o ideal da pátria e não essas cartilhas nojentas que o comunismo podre latino americano , nas mãos de dirigentes safados e corruptos, enfiam nas cabeças fracas e doentes de alunos alienados

  13. Que m***a hein? Todas as alternativas estão erradas e tem setores da sociedade que tem outras interpretações históricas, pra não dizer a maioria que grita ou a maioria silenciosa, sobre o regime militar, só pra começar. O que esses caras querem? Transformar, de novo, o pt e assemelhados do psdb, pmdb, etc, em heróis da democracia, toda vez que se depõe um regime corrupto, geralmente de viés socialista, comunista? Não conseguirão, mais ainda hoje, onde existe a internet pra quebrar narrativas furadas!

    1. Isso não é patrulhamento ideológico, é denunciar uso do dinheiro do povo contra o próprio povo, para escravizá-lo e com muitas mortes pelo caminho – como ocorre sempre em todos os regimes comunistas.

  14. Filhinhos de papai , que estudaram em escolas particulares na hora da universidade se locupletam nas universidades públicas .
    Ou seja , veem de famílias abastadas e corruptas , serão e já são guerrilheiros e terroristas da esquerda caviar .
    São a escória intelectual de uma sociedade demagógica e corrupta em sua essência .

  15. Será que esses “professores” universitários não sabem que o impeachment da Dilma foi motivado por ela ter violado de forma fragorosa a Lei de Responsabilidade Fiscal, ser inepta, corrupta, ter praticado estelionato eleitoral, criado a maior recessão econômica de todos os tempos, ter promovido homéricos déficits primários e outras coisas a mais? Tudo isso torna o seu impeachment legal e legítimo. Será que esses “professores” de Ciência Política sabem que o impeachment é um procedimento jurídico e político?

  16. Nossa classe mérdia que leva uma vidinha medíocre só se deu conta até agora que o comunismo ou socialismo é o pior regime em todos os aspectos mas até agora não se deu conta de como está sendo explorado pelo capitalismo xucro do Brasil em nome da democracia.

  17. QUE GOLPE FOI PRATICADO seus FDPs???quem sabe vocês deveriam mudar a data e colocar o GOLPE que os brasileiros sofreram desde 2003 com o PETÊ no poder com a eleição do BI-CONDENADO e HEPTARÉU, espero que o BOLSONARO se eleja e bote todos esses professores SHITs esquerdistas no olho da rua ou ao menos pra fora de uma sala de aula…Velhacos, Inúteis.

  18. Universidades públicas sempre foram assim. Há mais de 30 anos, num curso da área de exatas em uma dessas, minha turma teve que fazer ficha de leitura de um livro do Gramsci! E de lá pra cá só piorou. Quem é que vai chorar quando conseguirem acabar com elas, igual fizeram com o ensino básico?

  19. Esse professor dá muito é c.!!! O que faz nesta universidade não tem nada a ver com diversidade de opinião, pois o intuito é de propagar ideologia entre gente em processo de formação intelectual. Isso é, antes de tudo, desonesto! E nada tem de educativo. Um “professor” dessa estirpe não pode se dedicar à docência. Grande FDP!!!

  20. Até quando vamos permitir comunistas em doutrinação nas universidades e escolas de bos-ta brasileiras? É preciso expulsar todos os comunistas e petralhas das escolas. Mande-os para a venezuela ou cuba.

  21. Toda a esquerda mundial, desde o seu princípio, sempre foi financiada por dinheiro público – dado ou roubado – e por grandes capitalistas. Se fosse um legítimo anseio popular teria sido financiado espontaneamente pelo povo. A maior prova d q as esquerdas não representam mais ninguém além d seus próprios líderes – loucos pelo poder – é q elas nunca foram capazes d andar pelas próprias pernas.

  22. Cadê o ministro da educação? Bom, esse cara diz o que sobre ideologia de gênero?
    Cadê os tucanos, defendido pelos esquerdinhas eletistas daqui, eles dizem alguma coisa a respeito?Não! Então tá tudo respondido pq a bizarrice impera.

  23. Isso não é professor.
    É um político travestido de professor, fazendo lavagem cerebral em seus estudantes.
    E coitado do estudante que ir contra à pauta ideológica desse vigarista.
    Isso é praticamente um crime.
    Usar um Universidade Pública para fazer política para o PT.
    Canalhas!
    Essa gente não quer ensinar nada, quer é fazer política.