União Química pede à Anvisa uso emergencial da vacina russa

União Química pede à Anvisa uso emergencial da vacina russa
Foto: Sputnik/Ministério da Saúde da Rússia

A farmacêutica brasileira União Química informou que pediu à Anvisa o uso emergencial da Sputnik V, a vacina russa contra a Covid-19.

Disse que, até o fim de março, vai disponibilizar 10 milhões de doses, a serem produzidas nas fábricas de Brasília e Guarulhos.

A Rússia diz que a eficácia é de 91%, mas detalhes dos estudos não foram publicados nem revisados por revistas científicas.

 

Leia mais: A causa desse desgoverno é política, como mostra a Crusoé desta semana.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO