Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

União terá de pagar indenização de R$ 200 mil por fala de Milton Ribeiro sobre adolescentes gays

Ação foi movida por associações LGBT, que acusaram o ministro de danos morais coletivos e cobraram indenização de R$ 5 milhões
União terá de pagar indenização de R$ 200 mil por fala de Milton Ribeiro sobre adolescentes gays
Foto: Isac Nóbrega/PR

A juíza Denise Aparecida Avelar, da 6ª Vara Cível Federal de São Paulo, condenou a União a pagar indenização de R$ 200 mil por causa da declaração de Milton Ribeiro de que adolescentes gays são de “famílias desajustadas”.

A ação foi movida por várias associações LGBT, que acusaram o ministro de danos morais coletivos e cobravam uma indenização de R$ 5 milhões.

A juíza reduziu o valor e entendeu que, como a declaração foi feita no exercício de suas atribuições, a indenização deve ser paga pela União e o dinheiro depositado no Fundo de Defesa dos Direitos Difusos.

“A situação se reveste de maior gravidade justamente pelo fato de se tratar de ato praticado por Ministro de Estado, a quem compete, institucionalmente, o estabelecimento de políticas públicas para a erradicação das diversas formas de discriminação ainda presentes na sociedade”, afirmou na sentença.

Por causa da declaração, feita em setembro em entrevista ao Estadão, a Procuradoria-Geral da República pediu ao Supremo abertura de inquérito por suposta prática de homofobia. Em depoimento, Milton Ribeiro se desculpou e disse que “família dos gays são famílias como a sua”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO