Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Único crime que teve aumento foi o de ataques cibernéticos", diz Barroso

“Único crime que teve aumento foi o de ataques cibernéticos”, diz Barroso
Foto: Reprodução

Luís Roberto Barroso afirmou há pouco que o único crime que teve aumento nesta eleição foi o de ataques cibernéticos.

Como mostramos, o próprio TSE foi alvo de hackers hoje. A Corte, no entanto, conseguiu neutralizar o ataque.

“O único crime que teve um ligeiro aumento foi o de ataques cibernéticos relacionados às eleições em geral, pela razão de que anteriormente eles não existiam, se você comparar com 2016. Portanto, segundo o diretor-geral da PF, esse é o único crime que teve algum acréscimo”, disse Barroso, que acaba de chegar ao TSE.

Segundo o presidente da Corte Eleitoral, a violência registrada contra candidatos foi menor que a de eleições anteriores.

“A violência não está diretamente associada ao processo eleitoral. A violência, infelizmente, é um processo endêmico na sociedade brasileira que nós precisamos enfrentar. [Ela] Também se manifesta durante o período eleitoral, mas não é uma violência especificamente eleitoral. É porque os casos têm visibilidade política, mas quantitativamente é pouco expressivo, embora qualquer ato de violência seja, em si, expressivo. Mas os números não variaram de maneira relevante.”

O TSE divulgará às 20h um balanço completo dos crimes eleitorais registrados pelas forças de segurança.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO