Urgente: Bretas condena Jacob Barata a 12 anos de prisão

Telegram

Jacob Barata Filho e Lélis Teixeira acabam de ser condenados a 12 anos e 13 anos de prisão, respectivamente, por Marcelo Bretas.

O empresário, chamado de “rei dos ônibus” no Rio, e o ex-presidente da entidade patronal do setor (Fetranspor) foram condenados em primeira instância por corrupção ativa no âmbito da Operação Cadeia Velha.

Desdobramento da Lava-Jato, a Cadeia Velha foi deflagrada em 2017 e investigou o pagamento de propinas para deputados estaduais do Rio, para que os interesses das empresas de ônibus fossem atendidos na Alerj.

O PACOTE ANTICRIME DE MORO VAI ANDAR. FIQUE DE OLHO NELE. SAIBA MAIS AQUI

Na mesma sentença, o juiz federal condenou Felipe Picciani, filho de Jorge Picciani, a 17 anos e dez meses de prisão, também em primeira instância.

Confira a ÍNTEGRA da sentença.

Comentários

  • DireitaMan -

    O judeuzão ladrão Jacob Barata e sua família estão subornando os prefeitos e governadores do RJ desde 1960. E a maioria dos que subornou, eram comunistas, como Brizola, Garotinho, etc

  • Tiago -

    Boa Bretãs!!!

  • Rubens -

    Confiscaram os bens desta gentalha?? Ou vão cumprir 1/3 da pena, saem da prisão e vão aproveitar bem a vida com o patrimônio que fizeram??

Ler 93 comentários