ACESSE

URGENTE: DELAÇÃO DE LÉO PINHEIRO MOTIVOU DEMISSÃO COLETIVA NA PGR

Telegram

O Antagonista apurou que a demissão coletiva anunciada pelo grupo da Lava Jato na PGR, que revelamos há pouco, tem relação com manifestação de Raquel Dodge sobre a delação do empreiteiro Léo Pinheiro.

Dodge enviou ontem ao STF a delação de Léo Pinheiro para homologação, mas pediu arquivamento preliminar de trechos do acordo em que estariam citados Rodrigo Maia e um irmão de Dias Toffoli.

Em fevereiro, a Folha publicou que o ex-presidente da OAS havia delatado o pagamento de propina ao José Ticiano Dias Toffoli, ex-prefeito de Marília (SP).

VINGANÇA EM FAMÍLIA E NOVAS REVELAÇÕES PARA A LAVA JATO. Leia aqui

Comentários

  • Gustavo -

    Nessa poligamia política, o casal Toffoli Bolsonaro é o que mantém a mais tórrida ralação.

  • Thiago -

    Só falta colocarem a culpa no presidente

  • Ana -

    Muito triste! Atualmente oro muito para que o bem persevere...

Ler 617 comentários