Urgente: Senado rejeita fatiamento de PEC Emergencial

Urgente: Senado rejeita fatiamento de PEC Emergencial
Foto: Marcos Oliveira/ Agência Senado

O plenário do Senado acaba de rejeitar a proposta de fatiamento da PEC Emergencial. Com a decisão, a Casa vai agora apreciar o mérito do texto que vincula a concessão do auxílio emergencial a medidas de contenção fiscal.

Ao todo, 49 parlamentares votaram contra um requerimento do senador Alessandro Vieira (Cidadania-ES), que tentava transformar a PEC Emergencial em duas: uma sobre a limitação dos gastos públicos e outra concedendo o benefício. Outros 25 votaram a favor do fatiamento da PEC.

Esta é a primeira vitória do governo no processo de votação da PEC. Ao longo da tarde, o Ministério da Economia alertou o Congresso Nacional que “prorrogar o auxílio emergencial, sem conciliar com o processo de consolidação fiscal, tem o potencial de deteriorar a trajetória inflacionária, reduzir a atividade econômica e aumentar o desemprego”.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO