Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Urgente: STJ confirma afastamento de governador do Tocantins

Mais cedo, a PF fez buscas na casa de Mauro Carlesse e na sede do governo; a ordem partiu do ministro da Corte Mauro Campbell
Urgente: STJ confirma afastamento de governador do Tocantins
Foto: Gustavo Lima/STJ

Por unanimidade, a Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça manteve, nesta quarta-feira (20), decisão que determinou o afastamento por seis meses do governador do Tocantins, Mauro Carlesse. O político é investigado por participação em esquema de corrupção e obstrução de investigações.

Mais cedo, a PF fez buscas na casa de Carlesse e na sede do governo do Tocantins. Foram apreendidos dois veículos do governador e levados para a sede da PF em Palmas. A ordem partiu do ministro Mauro Campbell.

Campbell foi seguido pelos ministros Benedito Gonçalves, Raul Araujo, Paulo de Tarso Sanseverino, Isabel Gallotti, Nancy Andrighi, Laurita Vaz, João Otávio de Noronha, Herman Benjamin, Jorge Mussi, Luís Felipe Saloão e Sergio Kukina.

Os inquéritos, que tramitam sob sigilo, indicaram a presença de fortes indícios do pagamento de vantagens indevidas ligadas ao plano de saúde dos servidores do estado do Tocantins.

As apurações também indicam que o governo estadual tirou indevidamente delegados responsáveis por inquéritos de combate à corrupção conforme as investigações avançavam e miravam membros da cúpula do estado.

Os investigados poderão responder pelos crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro, organização criminosa, falsidade ideológica e documental e embaraço às investigações.

Mais notícias
TOPO