Urgente: TCU suspende julgamento da ‘taxa extra’ dos portos

O ministro Benjamin Zymler, do TCU, acaba de pedir vista e adiar o julgamento da THC2, a taxa extra inventada pelos operadores de portos para deslocamento de cargas dentro do terminal.

As notas de O Antagonista provocaram discussões no plenário.

Mais cedo, pontuamos que a regulamentação ilegal dessa taxa pela Antaq em 2012 — em episódio que envolve apadrinhados políticos de José Sarney, Ciro Gomes e Valdemar Costa Neto — poderia favorecer grupos como o Libra, investigado pela Polícia Federal por suposto pagamento de propina a Michel Temer.

E informamos que a relatora do caso no tribunal, ministra Ana Arraes, apresentaria voto em que deixaria para a própria agência reguladora resolver o problema — ou seja, chances mínimas de isso ocorrer.

Há pouco, também revelamos a proximidade entre um dos ex-diretores da Antaq envolvidos na regulamentação da ‘taxa extra’ e a Rodrimar, empresa investigada no atual inquérito dos portos.

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 22 comentários
  1. Parabéns Antagonistas! A corrupção nos portos pelo jeito é bem mais antiga e beneficia muito mais gente que se sabia. Os caras estão até agora blindados com a benção de juízes e políticos amigos. Precisamos tirar a blindagem e prender os caciques corruptos. Seria um marco crucial na guinada do país.

  2. Muito bom trabalho Antagonista, parabéns! Será que além do Temer tem muitos outros caciques levando propina dos portos há anos? Bem provável. E por isso essa história está tão blindada. Temos que desmontar esse esquema e por os envolvidos na cadeia. Peça fundamental p/começar a mudar o país.

  3. Se os antas realmente quiserem esmiuçar nossas taxas portuárias poderão descobrir um filão e tanto de achaques escondidos sob o nome de taxas. Coisas que só existem nesta Terra Brasilis.
    Comecem pela “taxa de modernização portuária” (ou algo parecido)…

  4. É ISSO AÍ, PATRULHEIROS DA ÉTICA, TRABALHAR PARA DESCONSTRUIR ESSAS ORCRIMS, CHEGA DE ROUBALHEIRA, NÃO AGUENTAMOS MAIS PAGAR E SÓ PAGAR SEM TER NADA DE VOLTA. ESSAS CORJAS PRECISAM SER DESMASCARADAS E ANIQUILADAS. GOSTARIA QUE VOCÊS ANTAGONISTAS FALACEM MAIS SOBRE AS 70 MEDIDAS CONTRA A CORRUPÇÃO.