Uso de snipers para abater quem porta fuzil está previsto em projeto no Senado

Um projeto de lei apresentado no ano passado pelo senador José Medeiros já previa a ideia de “presumir a legítima defesa quando o agente de segurança pública mata ou lesiona quem porta ilegal e ostensivamente arma de fogo de uso restrito”.

O uso de atiradores de elite contra criminosos com fuzil não está previsto na lei hoje, mas foi defendido pelo governador eleito do Rio, Wilson Witzel.

No Senado, a proposta aguarda votação do parecer favorável na CCJ.

Eis a explicação da ementa:

“Cria presunção jurídica de legítima defesa de terceiros, ou legítima defesa da sociedade, quando o agente de segurança pública mata ou lesiona quem porta ilegalmente arma de fogo de uso restrito, representando perigo direto e iminente à integridade física das pessoas próximas.”

Bolsonaro presidente: você precisa entender o que isso significa. Leia AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Essa equação tem d ser invertida urgente. A pergunta deveria ser: Qual lei proíbe isso? As leis têm só d limitar. O q a lei não proíbe não precisa d lei p permitir. Isso seria o correto.

Ler mais 59 comentários
  1. Essa equação tem d ser invertida urgente. A pergunta deveria ser: Qual lei proíbe isso? As leis têm só d limitar. O q a lei não proíbe não precisa d lei p permitir. Isso seria o correto.

  2. É por isso q o Brasil vai d.mal a pior. Só em 1 República d Bananas é q tdo tem d ser previsto em lei ou não existe. Somos escravos do Estado q deveria nos obedecer, e não o contrário como é h

  3. A minhas perguntas são simples. 1) Quais leis os marginais seguem ? 2) E porque devemos beneficiá-los com a nossa lei ? Estamos em guerra e nas guerras qualquer buraco é trincheira !

  4. O criminoso utiliza qualquer tipo de armamento. Já as forças policiais são cheias de limitações. Como o país pode vencer a guerra contra o crime dessa maneira? Só mesmo no PuTeiro chamado Brasi

  5. O Brasil precisa acabar com a bandidagem ou a bandidagem acaba com o Brasil. Prender e soltar não adianta. Tem que ter pena de morte e prisão pepétua, para extirpar da sociedade os latrocidas.

    1. Infelizmente, amigo, a militância de esquerda, a má fé, a frouxidão, o relativismo e a imbecilidade de muitos nas últimas décadas promoveram esse estado de coisas. Vc percebeu a obviedade.

    1. Não precisa disso tudo , basta passar a lei e bate o horror na bandidada. Termina o desfile dos machões no meio dos indefesos.

  6. O Estado deve agir para proteger a população honesta que vive com medo de sair de casa e não voltar, refém de criminosos com armas de guerra e das balas perdidas. CHEGA DE DITADURA DO FUZIL.

    1. Podem dizer que para fechar o Supremo, basta uma van cheia de maconheiros, se eles estiverem em uma Universidade? Lá pode dizer tudo então? Mesmo contra o STF ?

    2. Pode dizer que uma van cheia de maconheiros pode fechar o STF, se essa pérola for dirá dentro de uma Universidade? Não existe limite?

  7. TRAFICANTES podem também comprar fuzis de precisão, isso é uma imbecilidade sem tamanho, um factoide para um problema complexo, NÃO HÁ PM e a civil não trabalha 4% de assassinatos resolvidos

    1. Deixe ver se entendi?? o poder constituído deve se abster de fazer o seu papel, porque existe a possibilidade de marginais quererem confronto???