"Vá se fu, dona Marielle"

Um delegado da Polícia Civil de Pernambuco foi afastado depois de ter sido acusado de publicar no Facebook comentários asquerosos sobre Marielle Franco.

O G1 reproduziu o post:

Comentários

  • Nadir -

    Todos dia morrem centenas de milhares de mulheres anônimas, mas as Instituições são cobradas apenas pela morte da ex vereadora Marielle. Só ela merece uma resposta? E as demais? São Lixo? A impressão que ficou é de que a vereadora morta era cidadã de 1ª classe enquanto as demais são apenas estatística.

  • João -

    Perguntar não ofende: o delegado foi afastado, mas e aí? O que ele diz é verdade? E se for verdade, como é que fica?

  • Adriano -

    Ô O Antagonista, se pretendiam que seus leitores crucificassem o delegado, deveriam ter feito um site desde o início dirigido aos doentes esquerdoides de sempre, pois, seus leitores, há bastante tempo, já não têm mais qualquer condescendência com essa coisa escrota de "politicamente correto", muito menos ainda com essa gente nojenta que promove essa patrulha ideológica imunda. Ora, se eu, que nunca fui policial, tenho repugnância pela pauta defendida com unhas e dentes pela tal Marielle que, quando se referia a policiais, sempre os tratou como cachorros inimigos, o que esperar de quem é policial? Isso sem falar o que até as pedras sabem, dentro e fora do RJ, que é o apoio que essa gente nojenta, que infesta essas ong's de direito humanos, ser apoiada pelos facínoras narcotraficantes.

Ler 298 comentários