Vaccarezza alegou 'biópsia de próstata'

Telegram

Além da limitação das provas, também pesou na decisão de libertar Cândido Vaccarezza sua condição de saúde. Sérgio Moro recebeu da defesa a informação de que o ex-deputado tinha agendado uma biópsia de próstata e anexou prova de agendamento do exame.

“Nem a autoridade policial nem o MPF questionaram a autenticidade desses documentos relativos ao exame, nem se manifestaram a esse respeito. No contexto do agendamento referido exame, este Juízo reputa, por ora, mais adequado impor medidas cautelares alternativas ao invés da prisão preventiva requerida.”

Segundo Moro, as medidas alternativas “propiciarão tempo para o esclarecimento da situação de saúde do investigado, para o aprofundamento das investigações, inclusive quanto à origem do dinheiro em espécie encontrado e quanto ao eventual envolvimento do investigado em outros crimes contra a Petrobras”.

Comentários

  • #todopoliticoebandido -

    ...e a do miolo podre??!! Quando vai ser a biópsia?!?!

  • Jorge -

    No cenário político-policial dos dias de hoje, o caminho mais rápido para se manter longe das grades é invocar alguma doença... é tiro e queda.

  • Dedão -

    Vai uma raspadinha aí...?

Ler 10 comentários