Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Vacina produzida no Ceará pede à Anvisa autorização para teste em humanos

O imunizante desenvolvido pela Universidade Federal do Ceará já foi testado em camundongos e obteve resultados promissores
Vacina produzida no Ceará pede à Anvisa autorização para teste em humanos
Foto: huntlh/Pixabay

A Universidade Federal do Ceará enviou à Anvisa um pedido para começar os testes em humanos de uma vacina contra a Covid desenvolvida por seu Laboratório Biotecnologia e Biologia Molecular.

O imunizante já foi testado em camundongos e obteve resultados promissores, com até 95% de proteção contra o vírus.

Uma das diferenças em relação a outros produtos contra o coronavírus é a possibilidade de uso intranasal.

Uma nova reunião da Anvisa está marcada para esta quinta-feira (13).

A agência analisa também outros dois pedidos de testes de imunizantes cujo desenvolvimento e fabricação serão feitos no Brasil: a ButanVac, do Instituto Butantan, e a Versamune, desenvolvida pela Faculdade de Medicina da USP.

Leia mais: Enquanto dezenas de países do mundo já iniciaram a vacinação contra a Covid-19, o Brasil patina entre duas vacinas.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO