Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Vacinação de adolescentes: câmara técnica da Saúde ameaça renúncia coletiva

Integrantes do colegiado, que não foram consultados por Marcelo Queiroga sobre a suspensão da imunização para essa faixa etária, querem revogação da medida
Vacinação de adolescentes: câmara técnica da Saúde ameaça renúncia coletiva
Foto: Myke Sena/MS

Em reunião nesta sexta (17), membros da câmara técnica do Plano Nacional de Imunização exigiram mudança de posição e retratação do Ministério da Saúde em relação à suspensão da vacinação contra a Covid em adolescentes de 12 a 17 anos, informa o Painel da Folha.

Como publicamos, a câmara técnica não foi consultada sobre a suspensão, decidida por Marcelo Queiroga —o ministro da Saúde havia sido cobrado por Jair Bolsonaro.

Os integrantes do colegiado querem que o ministério diga claramente que a câmara não foi consultada e que se comprometa a retomar a vacinação dos adolescentes.

Caso isso não ocorra, eles disseram que pretendem entregar suas posições na câmara. Segundo o jornal, o pleito teve apoio unânime entre os participantes da reunião.

Responsável por subsidiar tecnicamente o Ministério da Saúde em suas decisões, o grupo é composto por professores, especialistas, representantes de sociedades de classe e conselhos de secretários estaduais e municipais de Saúde.

Se o ministério vai tomar decisões sem consultá-los, alegam os integrantes da câmara técnica, não faz sentido manter seus nomes associados às medidas tomadas pela pasta.

 

Mais notícias
TOPO