Vacinas, sozinhas, não vão controlar a epidemia, diz diretor do Butantan

Vacinas, sozinhas, não vão controlar a epidemia, diz diretor do Butantan
Foto: Governo do Estado de São Paulo

O diretor do Butantan, Dimas Covas, disse ao Estadão que as vacinas sozinhas não têm capacidade de controlar a pandemia.

“Vacinas, isoladamente, não vão controlar a epidemia. A percepção é de que, antes de tudo, devemos combater a epidemia e usar os mecanismos básicos, com recursos que podem diminuir a mortalidade. Vacina não tem poder de acabar com vírus”, disse ele a um programa do jornal, que foi ao ar nesta sexta (9).

E acrescentou: “Estamos perdendo para o negacionismo. O grande aliado do vírus hoje e a grande contribuição para o pico explosivo é o negacionismo. A sociedade também está escolhendo isso”.

No Chile, onde a vacinação está muito mais avançado do que no Brasil, a reabertura de comércios e a falta de cuidados por parte da população provocou um novo surto.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO