Vai começar o show

Empresa contratada para fazer a propaganda do PT já está a postos em frente ao TSE, onde a “marcha” começa a chegar.

Correria dos “staff”.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 29 comentários
  1. Qual será o nome do filme? Sugestões. Máfia Lula: tudo pelo poder. A Escravidão Moderna: Corrupção, Populismo e Lavagem de Dinheiro. “A Era do Cinismo: Feninismo e Grelo Duro”. “O Fim do Estado Ladrão

  2. Acho que já deu né O Antagonista? Quem tá dando platéia para essa palhaçada é só o site de vocês… Fale de coisas mais úteis para o país… deixa os pobres coitados trabalharem… é ganho pra eles.

    1. Penso diferente. O único antídoto contra esse vírus na Repúblia chamado PT é registrar cada ato deles. Pois logo mais (e não vai demorar muito) eles vão tentar reescrever a história colo vítimas.

    1. Há um jogo de cena forte entre PT e Globo e não é de hoje. A globo é de esquerda. Basta ver a programação de entretenimento deles. Essa emissora é podre, trabalha para a esquerda. Igual Folhae Estadao

  3. Nem o site Uol, que é ligado à Folha de SP, dá tanta importância assim à esses pobres miseráveis. Diogo Mainard, pra essa gente é só mais um dia de trabalho… estão ganhando pra estarem lá.

  4. Não é um contingente diminuto demais para causar o que dizem estão causando? Tempos atrás … borrachadas teriam resolvido. Saudades de tempos que não voltam mais! IRRRKKK (barulho de vômito)

  5. • tropa dispensada
    • vai começar na caserna da baderna o filme
    • O CIRCO da CAÇHAÇA ADULTERADA na ZONA do PARAGUAI
    • PQP, PARAGUAI, o PQP está PIOR que PARAGUAI
    •••••••••••••••••••••••••••••••••••••••

  6. Nunca imaginei q o país fosse presenciar essas cenas de um ridículo sem precedentes!!!!! Só mesmo essa gangue chamada PT pra protagonizar o maior vexame da história do Brasil!!!!

  7. Hiper, super e ESPONTÂNEA organização, com staff ! Que chique! O Mito e Mourão vem aí para acabar com o dispersivo de dinheiro público e impedir a volta do imposto sindical