Vai ter golpe ou não?

A maior polêmica (e o maior temor) entre os escassos aliados de Dilma é se ela usará em algum momento, explicitamente, palavras como “golpe” e “golpista”, em sua passagem pelo Senado nesta segunda.

Ué… mas a Coração Valente e os petistas não passaram os últimos meses martelando a tese de que ela é vítima de um golpe? Não é hora, então, de dizer isso, com todas as letras, olhando nos olhos de quem ela acusa, via redes sociais, blogs companheiros e em pregações para convertidos?

Coisas de quem, na hora da verdade, sabe de que lado está a verdade.