Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Valdemar da Costa Neto pede que diretoria do Banco do Nordeste seja demitida

O presidente do PL diz que foi questionado por Jair Bolsonaro sobre um contrato do banco com uma ONG no valor de R$ 600 milhões
Valdemar da Costa Neto pede que diretoria do Banco do Nordeste seja demitida
Reprodução

O presidente do PL, Valdemar da Costa Neto, pediu nesta segunda-feira (27) que toda a diretoria do Banco do Nordeste seja demitida.

Em um vídeo divulgado pelo partido, Valdemar diz que foi questionado por Jair Bolsonaro sobre a existência de um contrato do banco no valor de aproximadamente R$ 600 milhões por ano com uma ONG.

O ex-deputado afirma que cobrou satisfações do presidente do órgão, indicado pelo PL, e foi surpreendido.

“Respondi para o presidente: ‘Duvido, mas vou esclarecer’. Liguei para o presidente do banco e fui surpreendido [com a informação de] que ele tinha contratado uma empresa, mas ‘era muito caro o preço’, que ‘a ONG prestava um grande serviço’. Eu achei uma barbaridade um banco contratar uma ONG por R$ 600 milhões por ano.”

Valdemar afirmou que enviou um ofício ao governo pedindo as exonerações.

“Estou enviando um ofício ainda hoje ao ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, à ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, com cópia para o presidente, pedindo a demissão do presidente e de toda a diretoria do Banco do Nordeste.”

Mais notícias
TOPO