ACESSE

"Vamos apertar o cinto do governo para não apertar o cinto do povo", diz Alckmin

Telegram

Geraldo Alckmin disse hoje, em São Paulo, que vai “apertar o cinto do governo para não apertar o cinto do povo”.

“Vamos zerar o déficit em dois anos, e vamos fazê-lo pelo lado da despesa, cortando gastos, reduzindo ministérios, estatais e também incentivos fiscais. Vamos passar um pente-fino nos incentivos, que hoje chegam a 4% do PIB”, afirmou o presidenciável do PSDB em encontro com representantes do Agora!, movimento apadrinhado por Luciano Huck.

“Do lado da receita, a retomada da confiança vai trazer investimentos. Nossa indústria vai voltar a crescer. Teremos uma tributação mais justa: vamos tributar menos empresa e mais dividendos, para trazer empresas para o país e fazer com que as que já estão aqui possam reinvestir, gerando emprego e renda”, prometeu o tucano.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 33 comentários