"Vamos atacar a área da saúde"

Telegram

Gustavo Bebianno, em entrevista ao Estadão, disse que uma das primeiras tarefas do governo será retomar os hospitais federais do Rio de Janeiro do controle dos milicianos:

“Em curto prazo, vamos atacar a área da saúde, começando pelos hospitais com gestão federal no Rio de Janeiro, que é uma caixa de ressonância importante para o Brasil. O que fizermos no Rio será paradigma para o Brasil (…).

Chega ao ponto de as pessoas que precisam de tratamento terem de pegar senha com milicianos, que determinam quem vai ser atendido ou operado. Vamos fazer uma intervenção contundente nestes hospitais.”

Comentários

  • Giusti -

    Bebiano está equivocado. O RJ não pode ser paradigma p o Brasil pois padece d situação singular. Tbm não é cx d ressonância, embora a extrema imprensa e os globais rouanetizados se esforcem p i

  • Rafael -

    Até hospital é comandado por miliciano no Rio? PQP!

  • Mauricio -

    Paradigma é um termo errado. O correto é EXEMPLO. Paradigma é coisa que não deve ser copiada pois é errada. De resto apoio a ideia. Manda Ver!!!!

Ler 30 comentários