“Vamos eleger a situação e a oposição”

Em evento no Palácio do Planalto, Michel Temer disse hoje que no domingo os brasileiros elegerão “situação e oposição”.

“Pensar diferente é revelador em uma democracia. No domingo, vamos eleger a situação e a oposição. A eleição elege quem governa e quem fica na oposição. Temos que ver isso com naturalidade.”

E se o poste ganhar? Relembre o que foi a era Lula AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Pôxa! Platitude agora é ponto alto em discurso? Que que esses caras ainda estão falando? São velhos, feios, mal afamados, cheios de vícios e não se enxergam. Graças a Deus a morte chega para to

Ler mais 16 comentários
  1. Pôxa! Platitude agora é ponto alto em discurso? Que que esses caras ainda estão falando? São velhos, feios, mal afamados, cheios de vícios e não se enxergam. Graças a Deus a morte chega para to

  2. eu heim.tem hr que penso que PMDB está querendo ferrar com Bolsonaro dizendo isso vi um ex federal aqui com foto perfil Bolso, entendi nada. Como pode PMDB que é uma extenção do PT apoiar Bosona

  3. Eleições: o maior perdedor é o PSDB e o maior vencedor será o PT caso vá para o 2º turno, apesar de tudo que fez. Portanto, VOTO ÚTIL 17 EM BOLSONARO para terminar no domingo. Acorda Brasil!

  4. Eleições: o maior perdedor é o PSDB e o maior vencedor será o PT caso vá para o 2º turno, apesar de tudo que fez. Portanto, VOTO ÚTIL 17 EM BOLSONARO para terminar no domingo. Acorda Brasil!

  5. #FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca#FakÉpoca

  6. Lugar dele já sabe? xilindróóó…. Tem Padilha quadrilha, Angorá, Gedel já está lá. Pelo jeito sairão dela lá mortos, pela idade. Vale a pena roubar? Acho que não, viu 9 dedos.Fim trágicos

  7. Ele deveria ter dito que “pensar diferente é revelador em uma democracia” para a bandidagem com quem se aliou que não aceita quem pensa diferente e não reza pela cartilha do partido.