Vamos pro pau!

É covardia ridicularizar Sibá Machado, porque ele é um pobre coitado, mas o espetáculo protagonizado por ele merece ser visto – é muito melhor do que imaginávamos: