Vampeta: ‘Queria ser amigo desses caras’

Vampeta brincou com a afirmação de que vendeu um apartamento para Eduardo Cunha, feita pelo doleiro Lúcio Funaro em seu depoimento de hoje.

“Queria ser amigo desses caras, pra eles colocarem R$ 51 milhões na minha conta”, disse o ex-jogador à Folha, em referência ao bunker da propina atribuída a Geddel Vieira Lima.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 14 comentários
  1. Este é o motivo do Lula está em primeiro lugar nas pesquisas,qual o problema do Vampeta ter vendido o apartamento pro Funaro,Cunha ou o Papa?Nenhum.Mas aparece na delação já é criminoso?Essa Lava Jato virou uma meleca danada,mistura tudo e favorece Lula.

  2. Sabe qual o problema do Brasil e do Brasileiro?
    O Brasil é amplamente discutido, sobre a corrupção, a alta carga tributária, as propinas, os caixas 2, sobre as reformas necessárias, sobre a educação, segurança, saúde, e demais temas… O problema do Brasil é que ele é somente Discutido, É preciso FAZER o Brasil!!!! Só discute mas não age!!!
    E o problema dos Brasileiros é simples! Agente somente assiste essas discussões, assiste a destruição de coisas que dão certo (Uber por exemplo), assiste o aumento dos impostos, assiste aumento de combustíveis, aumentos e aumentos… e no final, Tomamos uma Cerveja no Fim de semana! NADA FAZEMOS.
    Somos literalmente um País de GADO MANSO!!!!!
    Que LEVANTEMOS AS NÁDEGAS e LUTEMOS!!!
    QUE APRENDAMOS a VOTAR e a COBRAR e DESCER o CACETE QUANDO NECESSÁRIO!!!!

  3. O que Vampeta disse à Folha: ”Em uma primeira ligação, o ex-volante reagiu com surpresa e disse que não fazia sentido a afirmação, já que não conhecia Cunha nem Funaro. “Mentira do caramba”, afirmou.

    Minutos depois, porém, ligou de volta e disse que era possível, sim, que tivesse feito a venda, mas por meio de algum intermediário.

    “Quando eu jogava no Corinthians, eu tinha três flats em um hotel no Pacaembu. Vendi dois para um senhor de idade e o outro eu não me lembro para quem, mas não era nem Cunha nem Funaro. Faz uns 8 ou 10 anos. Devem ter mandado alguém comprar”.”

    1. Ele não precisa de contrato, o contrato pode ser até verbal. Recibos, também não. Escritura lavrada pode jogar fora. Ninguém precisa provar que é inocente de nada. Vamos Vampeta

    1. Isso é que é triste nos nossos trópicos…
      Muita gente não quer um país mais ético, humano e justo.
      Quer apenas se lambuzar junto com os amigos do rei.