Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Variante do coronavírus encontrada no interior de SP já circulava em janeiro na capital

Reclassificação de amostras feita pelo Instituto Adolfo Lutz constatou que presença da P.4 era mais antiga do que se imaginava; variante ainda não é considerada 'de atenção'
Variante do coronavírus encontrada no interior de SP já circulava em janeiro na capital
Foto: Pixabay

Pesquisa do Instituto Adolfo Lutz mostra que a variante do coronavírus chamada de P.4, identificada no interior de São Paulo, estava presente em praticamente todo o estado desde janeiro de 2021.

Na região da Grande São Paulo, por exemplo, essa variante representa atualmente 16% das amostras do vírus da Covid.

O Adolfo Lutz —que monitora os diferentes genomas do coronavírus em circulação— constatou que a presença da variante P.4 era mais antiga do que se supunha ao fazer uma reclassificação das amostras do vírus sequenciadas para o estado de São Paulo.

Agora, cerca de 20% das amostras antes classificadas pelo instituto como pertencentes à variante P.1, identificada primeiro em Manaus, correspondem na realidade à P.4.

Os cientistas ainda não sabem dizer se a P.4 é mais transmissível ou mais perigosa, embora ela carregue uma mutação presente na variante indiana. Por enquanto, ela não é considerada “variante de atenção”, como a P.1.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO