Vasco da Gama do B

A PF prendeu ontem um assessor de Eurico Miranda, do Vasco da Gama.

Carlos Alberto Pereira, o “Gandola”, negociou um aporte do Serpros para os investigados da Lava Jato.

Além de ter sido assessor de Eurico Miranda, ele é também amigo do atual vice-presidente do clube, Elói Ferreira, que foi ministro de Lula.

Segundo o UOL, eles eram “companheiros de militância no PT e no PCdoB”.

O Vasco da Gama foi todo aparelhado por partidos de esquerda. A PF deve acabar batendo na porta do clube.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 11 comentários
  1. Militância é apenas massa de manobra, a grande maioria que compõe esse tipo de tropa, nem sabe porque estão ali. Os aliciadores são os únicos que mantém contatos direto com eles, os demais dirigentes, familiares, autoridades e pessoas de destaque, querem ver essa tropa bem longe.

    1. Quem é o nosso Corinthians é o Flamengo. Quem foi preso foi o Edmundo Santos Silva (ex-presidente do Fla) e quem está sendo investigado é o outro ex, o Kleber Leite, por conta do caso CBF. Isto sem falar do vice-presidente do Flamengo, Flávio Godinho, que era assessor do Eike Batista e que também está no processo da lava jato sendo processado.

  2. Eu sou Vascaíno e se quiser fechar o meu time por falcatruas eu não me importo.
    Agora vamos aprofundar as investigações ao time de Itaquera, que ganhou estádio, melhor patrocínio a frente de flamengo, que é a maior torcida do Brasil. Está na cara que foi beneficiado pela ação direta do maior chefe de quadrilha que achou que o Brasil era dele. Que ele tinha criado o Brasil. E usava as estatais e órgãos públicos como se fosse dele. Aparelhou tudo. Todos os times a partir do rebaixamento do Corinthians percebeu a mudança que UOL e todos os órgãos começaram a beneficiar.
    Enquanto os outros times eram cobrados pela Receita Federal de débitos atrasados e tiveram que vender seus jogadores para sobreviver, o time do Lula não.
    O futebol é o mais importante das coisas menos importante.