ACESSE

Veja como a rede de perfis falsos de apoio a Bolsonaro se articulava nas redes sociais

Telegram

Ontem, conforme noticiamos, o Facebook derrubou uma rede com 88 “perfis inautênticos” de apoio a Jair Bolsonaro. O Facebook se baseou em investigação do DFRLab, uma iniciativa de investigações em redes sociais, que elaborou um infográfico para mostrar como a rede se articulava:

O gráfico foi elaborado pelo DFRLab e está em inglês. Mas é interativo: passando o mouse em cima das bolhas, é possível ver de quem se trata.

Acima, há os grupos de atuação, conforme suas ligações. Basta clicar para ver os gráficos específicos de cada grupo.

O DFRLab é mantido pelo Atlantic Council, um centro de estudos sediado nos Estados Unidos. A rede brasileira foi descoberta numa investigação internacional que envolve, além do Brasil, EUA, Rússia e Ucrânia.

Leia mais: 'A prisão de Fabrício Queiroz encerrou o governo Bolsonaro.' Clique para ler na íntegra

Comentários

  • Elizabeth -

    O que será que está passando na cabeça dos militares no governo? A cada dia um crime revelado e eles lá, servindo de lastro para este governo criminoso. Espero que o TSE resolva tudo de uma vez.

  • Orlando -

    A bandidagem correndo frouxa e de modo perigoso e não se sabia que a estrutura para a prática do crime era tão sofisticada, articulada e com a mesma expertise dos mafiosos.

  • DAISY -

    Qual a conexão que Bolsonaro teria com São Bernardo (do Campo???) - terra de Lula? Aí dá para pensar em Bolsonaro como possível "cavalo de Tróia"do PT nas eleições de 2018

Ler 61 comentários